CategoryEsporte

4 Nerds Run

Olá pessoal.

Hoje estou aqui para compartilhar com vocês minha história no ‘Universo da Corrida’.

  E tudo começou com meu novo emprego…
  Saí de um emprego razoável para um que eu almejava a tantos anos. Sempre tive muita paixão por esportes, mas o meu predileto era o kung fu. Treinei por mais de uma década, mas quando fui para esse emprego novo não conseguia conciliar os treinos na academia. Tenho asma, bronquite, sinusite, enfim várias ‘ites’ que me perseguem, e, no meu trabalho preciso usar colete balístico. Pensa em uma Guarda Municipal com falta de ar o dia todo na viatura. Sem mais fazer atividades físicas, precisei de uma alternativa para me manter saudável, e para piorar minha situação, comecei a ‘ganhar’ uns quilinhos. Descobri que no meu trabalho tinha um grupo de atletismo (bem pequeno, todos por conta própria sem auxílio da corporação) e resolvi conhecer melhor esse esporte. Eu sempre detestei correr, não tinha fôlego para correr nem nos treinos de kung fu, imagina dar uma volta de 400 mts na pista de atletismo (isso porque no Teste de Aptidão Física que fiz para entrar no emprego era exigido corrida, consegui no limite do mínimo). Pensei comigo mesma: Se eu não aguentar, vou andar.
  Um amigo do trabalho me deu a maior força, se comprometeu a ir comigo todo plantão, para eu não desanimar. E fomos! No primeiro dia, nossa, que desespero, pensava toda hora “o que estou fazendo aqui?”, e já na primeira semana, com 3 treinos, ele já me inscreveu em uma corrida de rua em Peruíbe, pelo circuito Praia Limpa. Aí eu fui, né!
  Chegando lá, a energia era contagiante, me senti muito bem acolhida por todos os outros corredores mais experientes. E quando começou a corrida… consegui correr o primeiro km sem andar! Nossa, que orgulho! A partir daí, corria um pouco, andava um pouco, corria outra vez. Quando cheguei na linha da divisão dos 5km e dos 10km, senti como se tivesse que aproveitar ao máximo aquele momento. Foi aí que segui para o lado de quem ía correr os 10km. Olha, foi sofrido, doloroso, fiquei com uma bolha enorme no calcanhar, fiz em 1h08 e valeu a pena. Não há como explicar a sensação de ver ao longe a linha de chegada, e meus amigos que já tinham cruzado a linha vindo ao meu encontro, me passando tanta energia positiva, e cruzando a linha de chegada junto comigo. Mas não foi nesse dia que tomei gosto por esse esporte.
  Perto do meu trabalho tem uma avenida chamada 9 de julho. Na semana seguinte, não estava tanto empolgada em correr devidos as dores que trouxe junto com a corrida de Peruíbe. Meus colegas corredores não desanimaram e me levaram para correr nessa avenida. Por incrível que pareça, andei muito pouco e quase não cansei. No final do percurso, sentia meu pêlos do braço arrepiarem, um entusiasmo tão grande, uma alegria imensa que me encheu os olhos de lágrima. Foi aí que percebi que uma nova paixão crescia em mim. E por isso, não pretendo parar de correr NUNCA.
  Hoje, só por escrever tudo isso, consigo sentir aquela mesma sensação gostosa e contagiante. A minha falta de ar quase desapareceu. Ainda corro em um ritmo bem tranquilo, por enquanto as minhas metas estão em cruzar a linha de chegada, cada corrida diminuo um pouquinho meu tempo. Sinto a mesma felicidade daquele que ganhou em primeiro lugar, isso tenho certeza, pois só eu sei o quanto batalhei e batalho para me superar cada dia mais.
É muito bom compartilhar minha história, eu consegui levar o meu marido para esse universo de corridas e também já corri como guia voluntária com uma PNE cega. Se correr por mim é bom, correr por alguém é melhor ainda. Foi uma das minhas melhores corridas!
Espero que gostem da minha história, sei  que essa história é especial, pois correndo, somos nós mesmo a quem estamos desafiando, e acreditem, sou minha mais forte oponente.
Até mais pessoal!

Circuto Eco Run na USP

Circuto Eco Run na USP

Corinthians Campeão Invicto da Libertadores

 

Chegou o dia… O tão sonhado dia para uns e o tão temido dia para outros.

Acabaram as piadinhas prontas e antigas. Os antis devem estar loucos tentando pensar em algo genial para zuar agora. Temos a libertadores, e temos metade de um estádio, que em pouco tempo estará inteiro. E lotado com parte de um bando de loucos torcendo como sempre fez para seu time do coração.

O dia quatro de julho de 2012 entrou para a História. Do futebol, da libertadores, do esporte, da vida da nação Corinthiana.

Outros títulos virão, certamente, mas esse terá um sabor especial, inesquecível, daqueles que nos dá vontade de sentir de novo.

Obrigada Corinthians: Você me faz feliz!

Downhill – Minha definição pra maluquice

Eu sinceramente acho que Downhill é legal pacas, mas não tenho a minima coragem de fazer.

O que vocês acham?

Os benefícios da Corrida

Olá amigos!!

 

Estava com saudades de vocês! Desculpe pelo tempo ausente, mas meu trabalho me consumiu por estes dias.

Hoje vou falar sobre um esporte que tem ganhado espaço nas ruas. A corrida de rua.

As Corridas de Rua surgiram na Inglaterra no século XVIII onde tornaram-se bastante popular, posteriormente, a modalidade expandiu-se para o resto da Europa e Estados Unidos.

No final do século XIX as Corridas de Rua ganharam impulso depois do grande sucesso da primeira Maratona Olímpica popularizandoDepois, por volta de 1970, aconteceu o “jogging boom” baseado na teoria do médico norte-americano Kenneth Cooper que difundiu seu famoso “Teste de Cooper”, a partir de então, a prática da modalidade cresceu de maneira sem precedentes na história.

Paralelamente ainda na década de 70 surgiram provas onde era permitida a participação popular junto com os corredores de elite – cada grupo largando nos respectivos pelotões.

Atualmente, o critério da Federação Internacional das Associações de Atletismo (IAAF) define as Corridas de Rua, provas de pedestreanismo, como disputadas em circuitos de rua (ruas, avenidas, estradas) com distâncias oficiais variando de 5 Km a 100 Km.

Hoje as Corridas de Rua são bem populares em todo o mundo. São praticadas em sua grande maioria por atletas amadores que buscam melhorar e aumentar sua qualidade de vida através da prática esportiva. Na última década, houve um aumento significativo do número de praticantes, tanto no mundo como no Brasil.

As 100 maiores corridas de rua realizadas nos Estados Unidos no ano de 1996 tiveram 1.022.813 atletas participantes, já, no Brasil, também foi registrado um significativo incremento do número de participantes, como exemplo, os mais de 30 mil corredores que participaram no ano 2001 das etapas do Circuito de Corridas Corpore Pão de Açúcar disputado em São Paulo, Brasil.

Eu, pra falar a verdade, não gostava desse esporte. Sou praticante de kung fu desde 20o0, mas confesso que a corrida nunca foi o meu forte. Devido ao excesso de trabalho, não consigo frequentar rigorosamentes os treinos, então, senti a necessidade de praticar mais algum esporte. No meu trabalho, tem um grupo de atletas de corrida, resolvi, mesmo sem gostar, fazer parte dessa equipe.

Comecei correndo 400 mts e já estava cansada, fazia uma volta correndo na pista do Bolão (que por sinal está ótima depois da reforma) e andava outra volta. Depois comecei correndo com a turma, 8 km. Corria, andava, mas não desisti.

Hoje já consigo correr os 10 km sem andar, já participei de 2 provas, uma em Peruíbe e outra em Iperó, ambas conclui e ganhei minhas primeiras medalhas.

Além dos benefícios que a corrida nos proporciona, como:

 

  • Ajuda no processo de emagrecimento ou manutenção do peso;
  • Melhora o condicionamento cardiorrespiratório;
  • Libera o estresse acumulado;
  • Prevenção de muitas doenças;
  • Prevenção da insônia;
  • Fortalece os ossos, músculos, tendões e ligamentos;
  • Melhora o seu estado de ânimo.

 

Nas últimas décadas, o homem se torna cada vez mais tecnológico e sedentário, em decorrência dos hábitos da vida moderna, diferindo-se de nossos ancestrais, que percorriam cerca de 20 a 40 km diários executando suas atividades, tais como a pesca, a caça e a coleta. Nos dia atuais estima-se que caminhamos aproximadamente 02 km em atividades rotineiras urbanas por dia, segundo Weineck (2003).

Esse ano estarei correndo a São Silvestre!

Espero que tenham gostado, compartilhei com vocês um pouco da minha paixão por mais esse esporte, recomendo a todos que façam, não tem idade, apenas requer força de vontade, e posso adiantar, a sensação de ter corrido todo o percurso e estar prestes a cruzar a linha de chegada, mesmo que não sendo os primeiros, é como se estivesse vencendo a corrida.

Até mais, amigos, não se esqueçam de se exercitarem!!!

PENTA CAMPEÃO

Parabéns Campeões!

 

 

 

 

 

Dia do Corinthians – 101 anos de amor, paixão, e glórias.

Parabéns Corinthians por mais um ano de vida e felicidade par nós, bando de loucos.

Briga com o tampinha aqui!

Quero ver quem tem coragem de enfrentar esse moleque!

Acabo de perceber que a infância ainda tem alguma salvação.

Exercícios físicos parte 2

Bom dia pessoal, tudo bem?

 

Como prometido estou aqui pra falar um pouco de mais um exercício fácil de se executar e muito benéfico. Você irá precisar de uma parede e apenas um minuto! Esse exercício eu fiz durante muito tempo rigorosamente para fortalecer meu joelho quando tive um entorse, realmente funciona.

Então vamos lá.

 

Posicione-se em pé com as costas para a parede. Agora vá sentando de modo a afastar os pés da parede formando um ângulo de 90°. Ao contrário da personal abaixo, mantenha uma distância entre um joelho e outro de um punho fechado.

 

 

 

 

 

 

Agora fique nessa posição por 30 segundos. Conforme passar as semanas, aumente gradativamente até completar um minuto diário.

Esse exercício além de fortificar o joelho que muitas vezes é maltratado em alguns treinamentos, irá fortificar e tonificar  o quadríceps.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Vamos começar?

 

Até mais

Exame para motociclista

Olá pessoal, tudo bem?

Fiquei pasma quando abri esse vídeo que recebi do meu primo esses dias.  Eu, quando fiz o meu exame de CNH A, fui até que bem, mas esse cara aí deve ter treinado um pouquinho a mais que eu… É um teste para policial americano.

Bom, espero que tenham gostado.

Se vocês tiverem vídeos engraçados nessa categoria, por favor, não deixem de nos mandar, o melhor será colocado no blog.

Um ótimo fim de semana, aproveitem para curtir as músicas que o Daurus selecionou pra vocês.

Até mais

Adeus Ronaldo

Ontém dia 14 de fevereiro, um dos mais importantes atletas da história do futebol encerrou sua brilhante carreira.

Maior artilheiro da história das Copas com 15 gols, bi campeão do Mundo com a Seleção Brasileira,  jogou em grandes clubes do mundo como Corinthians, Real Madri, Barcelona, Inter de Milão, conquistando muitos títulos.

Mas além dos títulos e glória, o Fenômeno também colecionou lesões. Obteve recuperações inacreditáveis, mas tudo na vida tem um fim.

Sendo vencidos pelas dores, o guerreiro se retira de campo, com honras e glórias.

Obrigada por me ensinar a gritar gol antes da bola balançar a rede.

Obrigada por ter virado mais um louco.  A Fiel  estará sempre com você.

© 2014 4 Nerds

Theme by Anders NorenUp ↑