Pois é depois de você ter visto salada no MC Donalds e a volta de Fernando Collor à política, Restart sendo o grupo mais premiado do VMB, você vai ver eu falando sobre Justin Bieber…

Em hipótese alguma estou dizendo que o trabalho do menino bom, pois para mim não é sequer música. Mas estou dizendo daquilo que gira em torno dele. Pois é… Estive pensando e pensando muito e cheguei a uma conclusão sobre o pobre menino ( que já pensei por diversas vezes ser um andróid).

Apadrinhado pelo cantor Usher, esse menino canadense de 17 anos, além de cantar  ele toca violão, guitarra, piano, bateria e trompete. Desde 2009 lançou um álbum por ano e tem cerca de 9 milhões de discos vendidos. Sua carreira deslanchou depois dele e sua mãe terem lançado vídeos de suas apresentações no Youtube. Hoje em dia ele namora outra celeb teen Selena Gomez, por puro e verdadeiro amor…(*________*)   Ele já viajou o mundo e por onde passa é ovacionado por um bando de adolescentes esquizofrênicas e, pasmem, também por suas mães que acham o loirinho lindo com voz angelical.

Sua influência nos jovens é inquestionável tanto em meninas quanto em meninos. Seu cabelo e estilo de roupas viraram febre na moda teen. Com declarações nem um pouco filosóficas como sobre o aborto dado a revista Rolling Stone:  “Não concordo com o aborto, é como você estar tentando matar o bebê.” ele se mostra um garoto comum com nada de extraordinário. 

Mas o que faz de Justin Bieber uma celebridade tão aclamada mesmo com pouco talento , inteligência ordinária e poucos atrativos físicos?

Uma equipe mega competente, claro. É uma boa quantidade de profissionais capacitados e pensantes que fizeram deste serzinho sem sal uma máquina temperada de ganhar dinheiro. Pensando em Bieber, sua idade, veiculação de imagem e popularidade é difícil não lembrar do jovem Macaulay Culkin e outras diversas celebridades teens.

 

A equipe Bieber de marketing está trabalhando duro para que consigam arrecadar um montante suficiente para que quando este Mino de Ouro não puder mais oferecer suas pepitas (por que convenhamos talento ele não tem nenhum) possa ainda desfrutar de uma boa vida. Veja abaixo um vídeo sobre sua equipe:

Assim como todas as “febres” logo vai passar e assim que estes teens entrarem na faculdade irão se envergonhar de seu passado e ao longo do tempo irão apenas se sentir envergonhados de tudo o que fizeram e passaram por ele ( não se sintam ofendidos teens mas na idade de vocês eu tb passei por isso, hoje em dia ninguém conhece Taylor Hanson (equivalente Bieber de minha época), mas enquanto isso ainda teremos de aturar muito nhenhenhém desse bebezão de ouro. Se eu tivesse um time desses e um investimento equivalente poderia estar no mesmo lugar que ele, claro que 10 anos atrasada.  Vamos ver quanto tempo dura essa “febre”.

A sacada maior da equipe de marketing é investir não só nos produtos comuns aos artistas (roupas, acessórios e bonecos) mas em coisas diferentes e inusitadas como sendo ele o primeiro cantor com uma linha de perfume femininos (Antonio Bandeiras só virou cantor após ter lançado sua linha de perfumes) e o primeiro artista masculino a ter uma linha de esmaltes femininos além de uma superprodução para a telona. Veja alguns de produtos abaixo: